BRAINSTORMING

November 28, 2016

 

Brainstorming

Você já deve ter ouvindo este termo em inglês: “brainstorming”, que literalmente significa "tempestade cerebral" em inglês ou tempestade de ideias, nas empresas. Mas você sabe como esta técnica deve ser utilizada?

 

Muitas empresas utilizam esta técnica para criar algo novo (produto, campanha entre outros) e na busca de solução de algum problema.

 

E como fazer o melhor uso desta ferramenta?

 

O que é brainstorming?

É uma técnica desenvolvida para explorar a potencialidade criativa de um indivíduo ou de um grupo visando o atingimento de objetivos pré-determinados.

 

Como surgiu?

O Brainstorming foi criado pelo publicitário Alex Osborn nos anos 40, e até os dias atuais esta técnica é a mais conhecida e utilizada para a geração de ideias.

“Baseia-se no pressuposto de que um grupo gera mais ideias do que os indivíduos isoladamente e constitui, por isso, uma importante fonte de inovação através do desenvolvimento de pensamentos criativos e promissores”(Paulo Antunes - http://www.knoow.net).

 

Para que usar esta técnica?

O principal é entender a técnica, sua aplicação, e usar de criatividade quanto a sua aplicabilidade.

Veja algumas sugestões extraídas de http://pt.wikipedia.org/wiki/Brainstorming

 

- Desenvolvimento de novos produtos: Obter ideias para novos produtos e efetuar melhoramentos aos produtos existentes.

 

- Publicidade: Desenvolver ideias para campanhas de publicidade.

 

- Resolução de problemas: Consequências, soluções alternativas, análise de impacto, avaliação.

 

- Gestão de processos: Encontrar formas de melhorar os processos comerciais e de produção.

 

- Gestão de projetos: Identificar objetivos dos clientes, riscos, entregas, pacotes de trabalho, recursos, tarefas e responsabilidades.

 

- Formação de quipes: Geração de partilha e discussão de ideias enquanto se estimulam os participantes a raciocinar e a criar: criatividade em equipe.

 

Por que usar o brainstorming?

Porque há uma questão a ser solucionada e não há apenas uma solução plausível.

 

Porque responde as perguntas: E quais são as opções e qual delas é a melhor?

 

Além do que um grupo de pessoas trabalhando na busca de uma solução em comum e sem julgamento de valor pode resultar em um número grande de ideias, mesmo que algumas não sejam de boa qualidade, a geração de ideias de boa qualidade é mais provável. Trabalhando num ambiente livre de julgamentos, este se torna um ambiente saudável e propício a novas ideias, além de um ambiente seguro para tal.

 

Afinal quando ouvimos o que o outro tem a dizer associamos aquela palavra à alguma experiência gerando novas ideias. 

 

Como usar a técnica? 

1. Preparação:

A preparação envolve desde o espaço físico e grupo de trabalho até o grupo de avaliação.

 

2. Espaço físico e suas regras:

Ambiente confortável, com iluminação e ventilação adequadas, porta e seguro de interrupções.

Algumas regras iniciais se fazem necessárias como, celulares e computadores desligados, julgamentos e pré-conceitos não são permitidos, respeito pelas ideias apresentadas.

 

3. Grupo de trabalho:

O ideal é que o grupo seja composto por pessoa que possuem experiência com o problema a ser solucionado e que, hierarquicamente ocupem a mesma posição na empresa, evitando assim medos de exposição.

 

4. Grupo de avaliação:

O grupo pode ser composto por cinco, sete, nove pessoas, o ideal é manter o grupo em um número ímpar evitando assim empates em caso de votação.

Pode ser formado pelo mesmo grupo de trabalho facilitando assim o entendimento do problema e das ideias apresentadas ou por um grupo novo tornando mais objetiva a decisão da ideia a ser utilizada.

 

Como utilizar na prática? 

O grupo pode ser composto por cinco, sete, nove pessoas, o ideal é manter o grupo em um número ímpar evitando assim empates em caso de votação.

Pode ser formado pelo mesmo grupo de trabalho facilitando assim o entendimento do problema e das ideias apresentadas ou por um grupo novo tornando mais objetiva a decisão da ideia a ser utilizada.

Os membros do grupo deverão, idealmente possuir experiência no problema em questão e trazer ideias sem pensar muito, sem julgamento. Apresentar todas as ideias que ocorrerem em voz alta para o grupo.

Neste momento não é indicado tecer comentários sobre a aplicabilidade, processo ou envolvidos, apenas ideias devem ser ditas.

 

O próximo passo é a apresentação destas ideias para o grupo de avaliação, o qual se responsabilizará pela decisão de qual ideia será utilizada para solucionar a questão exposta. 

 

Fontes de pesquisa

http://educador.brasilescola.com/trabalho-docente/brainstorming.htm

 

http://pt.wikipedia.org/wiki/Brainstorming

 

http://www.knoow.net/cienceconempr/gestao/brainstorming.htm

 

 

 

 

 

 

Please reload

Posts Em Destaque

Dicas - Home Office

May 7, 2019

1/5
Please reload

Posts Recentes

June 17, 2019

June 17, 2019

June 4, 2019